CV English Español Contacto Imprimir Print

Álvaro González Villalobos

R É S U M É


González Villalobos é Consultor Internacional de Estatística e trabalha também na promoção de políticas relacionadas à Ciência e Tecnologia, na Argentina. Como estatístico aplicado, possui uma vasta experiência internacional na organização de sistemas de estatísticas nacionais, bem como na organização, administração, direção e no desenho probabilístico de censos e programas de pesquisas por amostragem em uma série de campos, por exemplo: agricultura, pecuária, demografia, pesca, bosques, indústria, epidemiologia e educação. Seu maior interesse como estatístico aplicado tem sido a introdução e divulgação de métodos probabilísticos de amostragem para a realização das estatísticas básicas em um gran número de países: é especialista em desenhos estatísticos complexos para a realização de pesquisas em grande escala, desenhos que incluem painéis de amostragem de áreas e com múltiplos painéis de seleção, que envolvem a utilização de Sistemas de Informação Geográfica (SIG), imagens e fotos de satélites, técnicas de sensoriamento remoto e PDA (Personal Digital Assistants), ou seja, desenhos com forte ênfase na aplicação da informática. Neste papel de Assessor Internacional de Estatística, ou Estatístico Principal da FAO, realizou estudos na maioría dos países e territórios do mundo (os países membros da FAO), levou a cabo missões de assessoramento e capacitação, organizou e foi presidente de aproximadamente 80 seminários e reuniões científicas e técnicas em países da África, América, Asia, Europa y Oceanía.

González Villalobos é Membro Titular da Academia Nacional de Ciências, Argentina. É também Membro do Instituto de Pesquisas e Desenvolvimento “Dr. Amilcar E. Argüelles”, da Academia, e Diretor de seu Centro de Matemática, Estatística e Aplicações. Em tal caráter, trabalha na promoção da Ciência e Tecnologia.

É membro eleito do “International Statistical Institute” (ISI), Holanda; do Conselho Diretivo do ISI (1997-2001) e membro fundador do Comitê Gregor-Johann Mendel sobre Estatísticas Agrícolas do ISI; membro da “International Association of Survey Statisticians” (IASS), Holanda; Vice-Presidente da IASS durante dois períodos (1987-1989 e 2003-2005), eleito membro do Conselho Diretor da IASS (2011-2015). Membro do Comitê do Programa Científico para o Congresso Mundial de Estatística 2001, em Seul, Coréia. Eleito Membro do Comitê do Programa Científico para o Congresso Mundial de Estatística 2015, em Rio de Janeiro, Brasil. Membro da “International Association for Statistical Education” (IASE), Holanda; da Associação Argentina para o Progresso das Ciências (AAPC), Argentina, do qual foi membro do Conselho Diretor (2007-2009); é membro eleito da “Sociedad Científica Argentina”. É também membro honorário de outras associações profissionais e editor associado de revistas especializadas.

González Villalobos foi Estatístico Principal da Direção de Estatística da Organização das Nações Unidas para a Agricultura e a Alimentação (FAO), em Roma, de 1992 até 2003, responsável dos Métodos Estatísticos de Censos e Pesquisas por Amostragem, do Programa do Censo Mundial da Agricultura, que inclui a preparação de publicações sobre métodos estatísticos, classificações e padrões internacionais para o planejamento e a execução de censos e pesquisas agrícolas nacionais, incluindo a preparação e a manutenção de um banco de dados mundial referente a censos agropecuários; a formulação e supervisão de projetos e atividades estatísticas em países da América, África, Europa e Ásia; e a organização de seminários, conferências, cursos e reuniões internacionais sobre métodos estatísticos para a agricultura.

González Villalobos foi Coordenador Geral do Censo Nacional Demográfico de 1991 da Argentina, no Instituto Nacional de Estatística e Censos (1990-1992); Gerente no Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais do Brasil (INPE), responsável pela direção do Sistema Nacional de Estatísticas Agropecuárias Anuais do Brasil (São Pablo, 1985-1989); Chefe da Área de Metodologia, responsável pelos métodos estatísticos do Censo Nacional Industrial de 1985 e da Pesquisa de Avaliação dos Censos Nacionais Econômicos 1985 da Argentina (1984-1985); Chefe da Área de Metodologia, responsável pela implementação do desenho probabilístico, análise e publicação dos resultados do Censo Nacional Demográfico de 1980-Argentina (1980-1982); Assessor permanente do Gabinete da Direção Técnica do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (Rio de Janeiro, 1974-1980). Foi também Consultor Estatístico das seguintes organizações (nacionais e internacionais), para organizar e desenhar uma ampla gama de censos e pesquisas em grande escala: o BID, a FAO, a OMS, a OIT, a UNESCO, entre outras; Pesquisador do Conselho Nacional de Pesquisas Científicas e Técnicas da Argentina, e em empresas privadas de pesquisas. Anteriormente, como matemático e estatístico, foi Professor ou Pesquisador Visitante de uma série de universidades e institutos de pesquisa: a Universidade de Chicago (USA), a Universidade de Buenos Aires (Argentina), a Universidade de Brasília (Brasil), a Escola Nacional de Ciências Estatísticas - ENCE (Rio de Janeiro, Brasil), entre outros.

González Villalobos escreveu vários livros e mais de 80 trabalhos sobre censos e pesquisas nacionais e sobre os correspondentes métodos probabilísticos de amostragem, processos estocásticos, teoria de probabilidades e teoria de series e integrais de Fourier. Seu livro, em dois volumes, intitulado Multiple Frame Agricultural Surveys, foi publicado e traduzido em seis idiomas: Inglês, Árabe, Chinês, Espanhol, Farsi e Francês. Cabe mencionar que reconhecidos estatísticos indicaram o livro Multiple Frame Agricultural Surveys como um pilar no campo das estatísticas agropecuárias e é, possivelmente, o texto de referência mais utilizado no mundo nesta especialidade.

Nascido em Buenos Aires, Argentina, cidadão argentino e francês, González Villalobos conhece e trabalha em diversos idiomas. Recebeu seus diplomas de M.Sc., Master of Science, e Ph.D., Doutor em Matemática, na Universidade de Chicago.